Professores de alemão locais supervisionam e aplicam as provas de DSD-I

Gruppenbild Ampliar imagem (© ZfA)

Vinte brasileiros, professores e professoras de alemão, irão atuar pela primeira vez como supervisores na prova oral do nível 1 (DSD-1), que estão sendo aplicadas nesses dias nas escolas parceiras.

 

Sob a direção do Sr. Wolfgang Theis, consultor da ZfA, e com o auxílio de três tutores, os professores de alemão dos estados de São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro estão sendo treinados conforme os princípios modernos de blended-learning desde meados de setembro de 2015 para exercerem essa função. O conceito de treinamento se chama GOLD (Globales Online-Lernen DaF) e foi especialmente desenvolvido para professores de alemão do programa DSD. Ele engloba 50 horas de treinamento online e dois seminários presenciais de dois dias de duração no Rio de Janeiro e em São Paulo.

 

Após nove meses de estudos intensos, todos 27 participantes do seminário foram aprovados e receberam o Certificado para Aplicação de Provas do DSD I. Vinte desses aprovados irão, a partir desse ano, tomar, portanto, as provas do DSD I com a autorização oficial do Conselho de Educação das Secretarias Estaduais de Educação da Alemanha.

 

Projetos dessa natureza vem sendo implementados no momento pela ZfA em 40 países. Números crescentes de alunos diplomados no idioma alemão, que já somam mais de 50.000 no mundo inteiro (dos quais mais de 3000 são brasileiros) requerem cada vez mais o treinamento de profissionais habilitados para a aplicação das provas DSD.

 

23 de Agosto de 2016

 

Wolfgang Theis

 

Consultor da ZfA para os estados de São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro

 

Tradução

Martin Wille