Feliz e Nohfelden, cidades-irmãs

Deutsch Ampliar imagem (© Frank Faber)

Comitiva felizense viaja para Nohfelden, na Alemanha

Um grupo de felizenses viajou em 13 de abril para a cidade de Nohfelden, na Alemanha. A comitiva participa de missão oficial no município que é considerado cidade-irmã de Feliz no país germânico. 

Integram a comitiva o prefeito Albano Kunrath, o ex-prefeito Cesar Assmann, o secretário da Saúde Fábio Krindges, o secretário de Gestão Pública Gabriel Assmann e o vereador Ronie Simon.

A programação inclui várias atividades na cidade-irmã de Feliz e na região do Sarre, a qual pertence Nohfelden. O grupo foi recepcionado na Câmara Municipal pelo prefeito Andreas Veit e realizou um passeio pelos pontos turísticos da região central da cidade. À noite ocorreu a solenidade oficial de assinatura do Protocolo de Geminação entre as cidades de Feliz e Nohfelden, que estabelece uma série de ações conjuntas para o desenvolvimento cultural, social, turístico e econômico dos municípios. O documento foi assinado em português e alemão.

Além de encontros com as famílias residentes nas comunidades de Nohfelden, bem como visitas às igrejas, museu, escolas e pontos turísticos, nos dias seguintes a comitiva conheceu também a basílica de SanktWendalinus em Sankt Wendel, e pontos turísticos de Trier e Theley, por exemplo. Uma recepção no Parlamento do Sarre estava programada para o dia 22 de abril.

A viagem é uma retribuição da visita que Feliz recebeu em outubro do ano passado, quando 12 moradores de Nohfelden visitaram o Brasil. 

Histórico

Nohfelden está situada na região do Sarre e possui cerca de 10 mil habitantes. Após meses de pesquisa entre ambos os municípios, é possível assegurar que há profundos laços históricos e culturais que unem Nohfelden com Feliz. Em Wolfersweiler, distrito pertencente a Nohfelden, existem cartas escritas por colonos de Feliz, de 1850, que comprovam plenamente essa ligação sanguínea de famílias felizenses com as da cidade alemã. Nas cartas em questão, datadas do século XIX, surgem relatos preciosos do desenvolvimento da colônia de Feliz.

O primeiro professor da Picada Feliz, Sr. Michel Barthel, era natural de Wolfersweiler, emigrando da Alemanha em 1846. Umas das filhas deste professor, Maria Barthel, casou-se com Mathias Bohn, dando origem a parte da família Bohn, estabelecida neste município, principalmente na localidade de São Roque.

As tratativas para a formalização deste projeto entre Feliz e Nohfelden, denominado na Alemanha de "Partnerschaft", iniciaram em maio de 2011. Em maio de 2012, foi sancionada a lei felizense que declara Nohfelden sua cidade irmã e, em dezembro, a Prefeitura de Feliz recebeu a confirmação do Conselho da cidade alemã com uma declaração de teor idêntico.

Fonte: Maico Vogel/ASCOM Feliz/Arquivo

(Foto: Frank Faber) - Os Prefeitos Andreas Veit (à esquerda) e Albano Kunrath assinam os documentos. Atrás destes, da esquerda para a direita: ex-prefeito de Feliz Cesar Assmann, Horst Peter e Eckhard Heylmann.