Discurso do Embaixador na entrega da Ordem de Mérito da Alemanha à ex-Embaixadora do Brasil em Berlim, Maria Luiza Viotti (07.12.16)

Excelentíssima Senhora Embaixadora Maria Luiza Ribeiro Viotti,

Prezado Senhor Eduardo Baumgratz Viotti,

 

Prezados convidados,

 

É com grande alegria que minha esposa e eu saudamos todos os presentes nesta noite em nossa residência oficial. Hoje é um dia muito especial. Estamos reunidos para homenagear a Embaixadora Maria Luiza Ribeiro Viotti. O Presidente Federal daRepública Federal da Alemanha decidiu condecorá-la com a Cruz de Comendador da Ordem do Mérito da República Federal da Alemanha. Essa é uma das mais altas condecorações outorgadas pela Alemanha.

 

Maria Luiza Ribeiro Viotti nasceu em 1954, em Belo Horizonte, e aos 22 anos já ingressava no serviço diplomático. A Embaixadora serviu por duas vezes na Missão do Brasil junto às Nações Unidas em Nova York e na Embaixada do Brasil em La Paz. Ocupou o cargo de Assessora da Subsecretaria-Geral de Assuntos Politicos Multilaterais e Especiais, em 1988, e de Coordenadora-Executiva do Ministro de Estado das Relações Exteriores, no final da década de 90. Foi Professora de História das Idéias Políticas no Instituto Rio Branco, em 1992, e Subchefe da Secretaria de Imprensa do Gabinete em 1995. A sua ascensão foi muito célere, inicialmente como Chefe da Divisão da América do Sul e depois como Diretora dos Departamentos de Direitos Humanos e Temas Sociais e de Organismos Internacionais do Ministério das Relações Exteriores. Foi Representante Permanente do Brasil junto às Nações Unidas de 2007 a 2013, tendo chefiado a delegação do Brasil no Conselho de Segurança, em 2010 e 2011, e ocupado a Presidência, em fevereiro de 2011. De 2013 a 2016, foi  Embaixadora do Brasil em Berlim, para cujo cargo levou muita experiência diplomática. Vossa Excelência usou essa experiência no trabalho de cooperação entre o Brasil e a Alemanha, não somente bilateral, mas também multilateralmente na forma de atividades conjuntas e criativas.

 

Vossa Excelência retorna ao Itamaraty para ocupar o cargo de Subsecretária-Geral da Ásia e do Pacífico. Sua nomeação como Subsecretária-Geral foi muito merecida e representa a coroação dessa impressionante carreira, digna de admiração.

 

 

Cara Maria Luiza, em todos esses anos Vossa Excelência assumiu as mais diversas funções e prestou um serviço extraordinário não só para seu país. Hoje o Brasil e a Alemanha tem relações muito estreitas através da longa cooperação baseada na confiança. Isso também se deve ao seu abalizado engajamento em prol das relações Brasil-Alemanha.

A relação de Vossa Excelência com a Alemanha vem de longa data, desde a sua infância, influenciada pelo gosto por música clássica alemã de sua mãe pianista. Mas essa não é a única relação de Vossa Excelência com a Alemanha. Como soube, o seu marido, Sr. Eduardo Baumgartz, tem descendência alemã, bem como um bisavô que nasceu e viveu em Friesenheim, no século XIX (dezenove).

A Alemanha teve em Vossa Excelência, mesmo durante a crise politico-econômica no Brasil, uma parceira e mediadora incansável na manutenção e no fortalecimento das relações bilaterais entre nossos países. Vossa Excelência disse em várias ocasiões que, apesar das inúmeras e inegáveis dificuldades, a economia brasileira apresenta grandes oportunidades para a cooperação entre o Brasil e a Alemanha e que seria apenas uma questão de tempo para retomar o crescimento.

Prezados convidados, a economia constitui um importante fator, e, não por acaso, a Alemanha é hoje o quarto parceiro comercial mais importante do Brasil. As relações bilaterais se definem também através de relações políticas e culturais. Tenho orgulho em dizer que as relações políticas cresceram constantemente nos últimos anos. O ponto alto foram as muito bem sucedidas Consultas Intergovernamentais Brasil-Alemanha, realizadas em Brasília, em agosto de 2015. As Consultas Intergovernamentais foram agendadas durante um encontro em fevereiro de 2015,  entre a então Presidente do Brasil, Sra. Dilma Rousseff e o Ministro das Relações Externas, Dr. Steinmeier, encontro esse promovido por Vossa Excelência. Estou certo que Vossa Excelência contribuiu significativamente para o êxito do evento. A sua dedicação e o seu compromisso, contribuíram para que fossem assinados importantes acordos, referentes a assuntos globais, como  Ciência e Pesquisa, Educação e Inovação, Clima e Urbanização, entre outros. 

A sua permanência como Embaixadora em Berlim foi marcada por muitas visitas oficiais bilaterais. Além das já citadas Consultas Intergovernamentais, que contaram com a participação da Chanceler Merkel, seis Ministros Federais e cinco Secretários-Executivos, também estiveram no Brasil, o Presidente Federal, Sr. Joachim Gauck; o Ministro Federal da Relações Externas, Dr. Steinmeier; e o Ministro Federal do Interior, Sr. de Maizière. Em contrapartida, visitaram a Alemanha, o então Vice-Presidente, Sr. Temer; e a então Ministra do Meio Ambiente, Sra. Isabela Teixeira, para citar alguns.

Cara Maria Luiza, quando um Estado deseja expressar seu agradecimento e seu reconhecimento, ele tem a possibilidade de fazê-lo com uma condecoração. Alegra-me que o Presidente Federal da República Federal da Alemanha tenha decidido homenageá-la com uma das mais altas condecorações que a Alemanha concede. Esse é um momento especial e tenho a grande honra de lhe entregar as insígnias em nome do Presidente Gauck.Desejo a Vossa Excelência muito sucesso em seu novo cargo de Subsecretária Geral da Ásia e do Pacífico e nos novos desafios que certamente virão.